III Jornada Gaúcha de Psicopedagogia

Palestrantes


Iara Salete Caierão
Associação Brasileira de Psicopedagogia - Seção RS

Possui graduação em Letras e Pedagogia Habilitação em Supervisão Escolar; Mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tese: Jovens e escola: Trajetórias, sentidos e significados. Um estudo em escolas públicas do Ensino Médio. Atualmente é professor em cursos de Pós-graduação em várias universidades como professor convidado. Presta assessoria a escolas, instituições educativas e comunidade sobre os processos do ensinar e do aprender. Fundador, coordenador e professor do Centro de Formação Docente/Passo Fundo/RS. Coordenador do Centro de Estudos e pesquisas psicopedagógicos/RS. Psicopedagoga clinica e institucional. Atua em formação continuada de docentes. Presidente da Associação Brasileira de Psicopedagogia-Seção RS gestões 2011-2014 e 2014 a 2016. . Membro do Comité Científico da ABPp-Nacional. no período de 2014-2016. Membro comitê de avaliação Revista Psicopedagogia de alcance nacional e de artigos de Revista de abordagem Educação Especial. Palestrante Congressos e Simpósios nacionais e Internacionais. Organizadora e co-autora de livros com temática: educação, aprendizagem e Psicopedagogia. Experiência docente: alfabetização, séries iniciais, ensino médio, superior e pós-graduação. Coordenadora pedagógica no Ensino Fundamental e Médio. Orientação de trabalhos científicos lato sensu e stricto sensu. Participação em bancas de qualificação e defesa de pesquisas em mestrados acadêmicos e doutorado. Coorientadora de dissertação de Mestrado no PPGEH.

SINOPSE10h45min - Mesa-rendonda "Temas Fundantes da Psicopedagogia: constituir-se psicopedagogo"

Constituir-se psicopedagoga/o enlaça a própria história e o gesto de historicizar a PSP Clínica. Seguimos as presenças de Sara Paín e de Alicia Fernandez no Brasil, a partir dos anos de 1980, e alguns de seus escritos como modo de manter viva a memória no que ela se enreda em um denso tecido conceitual, procurando demarcar os indicadores de uma singularidade na PSP. Almejamos mostrar aqueles temas desruptores a uma nova perspectiva e que, em concomitância, demarcam o território transdisciplinar em que se move e dura um profissional.

- voltar -